Bebê pélvico!!! E agora??


Ultimamente, algumas mulheres entraram em contato comigo para perguntar sobre o que fazer numa situação em que o bebê se encontra pélvico, ou seja, posicionado com o bumbum em direção à vagina (sentado). Geralmente esta é uma situação que leva à mulher ser submetida à uma cesárea... mas há alguns recursos que podem ser tentados antes. Vou colocar aqui alguns deles:

1. Moxabustão
É a acupuntura "térmica". O estímulo é feito através da queima de um bastão de artemísia. Esse bastão é aproximado ao local a ser estimulado, provocando no organismo reações fisiológicas parecidas com àquelas provocadas pelas agulhas.
Na gestante o bastão deve ser posicionado o mais próximo possível de cada dedinho do pé, com o calor dirigido para o ponto acima da unha do dedo, permanecendo aí por 20 minutos. O calor deve ser intenso, porém suportável.
2. Posicionamento
Há algumas posturas que, feitas diariamente estimulam o posicionamento correto do bebê. Eles devem ser feitos 3x ao dia, por pelo menos 15 minutos.

3. Técnicas com rebozo:
O rebozo é um tecido parecido com um xale e usado por doulas para mobilizar a pelve da gestante. Há algumas manobras feitas com o auxílio do rebozo que ajudam bastante!!! Se você tiver uma doula em seu parto, converse com ela a respeito!!!

4. Homeopatia:
Homeopatia também é um recurso. A substância "Pulsatilla 6CH" é a indicada. Mas consulte um homeopata antes para ver se não há contra-indicações!!!!

5. Versão externa:
É o reposicionamento do bebê feito pelo médico manualmente. Deve ser realizado somente por profissionais bem treinados e capacitados. É uma manobra dolorosa para a mãe, sendo muitas vezes necessária a administração de analgesia ou analgésicos.


*Fontes:
http://www.birthinternational.com
http://www.gentlebirth.org/archives/breechcl.html


2 comentários:

cammi doula disse...

Nossa foi muito útil pra mim essas informaçoes pois tinha muita dúvida e já ouvia falar da moxabustão mas não tinha idéia de como usá-la nesse caso. Já usamos a versão uterina externa com sucesso 2 vezes..NAMASTE

cristina.souza1981 disse...

Meu bb está pélvico.Acho que o que temos que levar em questão não é o tipo de parto,mas sim levar em consideração que o bebê e a mãe fiquem bem.
Dependendo da situação,é melhor optar por uma cesariana,do que ter que fazer um Bebê sofrer nascendo pelo pé,isso sem falar no sofrimento da mãe!O que realmente importa,é o bem estar da mãe e do bebê.