Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Dona Suely: técnica, fé e mais de 5 mil partos

Com mais de cinco mil partos no currículo, Suely Carvalho, de 57 anos, admite: “eu nasci pra isso, não tem outra coisa pra eu fazer na vida”. Ela, que, em 1991, fundou a Organização Não Governamental (ONG) Centro Ativo de Integração do Ser (CAIS) do Parto, em Olinda, Pernambuco, atende mulheres em busca de um parto com muitas rezas, ervas e sem nenhuma intervenção médica. oDona Suely, de 57 anos O gosto de Suely pela profissão começou em 1974, quando se inscreveu para um curso de seis meses de atendente de enfermagem, na cidade de Paranaguá, no Paraná. Durante o período de estágio, foi acompanhar um parto pela primeira vez. “Quando vi a cabeça do bebê saindo perdi a noção de todas as instruções. Fui para a mesa, peguei na mão da mulher e comecei a chorar dizendo que ia dar tudo certo”, conta. Quando a emoção passou, veio o medo de ser demitida por não obedecer às ordens de só observar. Porém, acabou contratada para trabalhar no hospital da cidade. “‘Você tem o dom, me disse a enfermei…

Sintomas pós-parto que você nunca deve ignorar

É normal haver hemorragia pela vagina e sentir desconforto e cansaço após dar à luz. Ocasionalmente, emergências médicas reais podem acontecer nos dias ou semanas que se seguem ao parto. Pergunte à obstetriz ou ao médico sobre como ou quando você pode obter socorro médico em caso de necessidade. Mantenha essas informações e as anotações da maternidade num local seguro e informe a sua família sobre onde estão. Numa emergência, as suas anotações ajudarão a equipa da ambulância a começar o tratamento imediatamente.
A lista abaixo ajudará a decidir se você precisa de socorro médico imediato ou se pode esperar pelo horário do expediente normal. Se tiver dúvidas, contacte a parteira ou o médico sem demora.

Situações que requerem tratamento de emergência.
Chame uma ambulância se tiver:

• Perda de sangue repentina ou muito intensa: Uma grande perda de sangue vermelho vivo pela vagina (você também pode ter palpitações cardíacas, tonturas, suores e fraqueza) é chamada de
hemorragia pós-parto, e nes…

Sua gestação semana a semana

Achei bem bonitinho, por isso resolvi postar. Texto retirado do site Clic Filhos!!


Por dra. Zsuzsanna Jármy-Di Bella


Você está grávida? Comemore! E acompanhe, aqui, a evolução de seu bebê do início até o final da gestação.

Acompanhar o desenvolvimento do bebê durante os nove longos meses de gestação é maravilhoso. Nenhuma invenção do ser humano, por mais completa e evoluída que seja, chega aos pés da magia que é o encontro de duas células num ambiente propício a formar um novo ser completinho, pronto para chorar e mamar...

Os médicos obstetras consideram a primeira semana da gestação aquela que inicia o ciclo menstrual que resulta na gravidez, ou seja, o primeiro dia da última menstruação.

A fecundação (encontro do óvulo com o espermatozóide que formará o embrião) ocorre somente no fim da segunda semana do ciclo, na maioria das vezes.

A implantação (quando embrião "gruda" no útero) ocorre no fim da terceira semana, quando pode ocorrer uma pequena perda sanguínea que não prejudica …

Palavra de índia "Calma e paciência que o nenê nasce fácil'

POR Cláudia RodriguesKeretxu Miri, índia guarani de 77 anos de idade, que habita uma aldeia no Espírito Santo, fala de sua experiência como parteira No universo civilizado, principalmente no ocidente, o parto virou um mito, tanto para as gestantes quanto para a classe médica. As mulheres estão desaprendendo a parir, a amamentar e cuidar dos filhos e os médicos estão cada vez mais preocupados em ganhar tempo e menos habilidosos para auxiliar um trabalho que é muito mais da parturiente do que deles. Atrás de toda a parafernália técnica da ciência e da medicina, está algo que podemos chamar de burrice emocional. Sabemos pilotar um computador, dirigir carros; podemos comprar berços que balançam sozinhos, chupetas colori…

Alongamento e "faixa japonesa"

RAQUEL DO CARMO SANTOSA utilização de uma faixa-suporte e a adoção de exercícios de alongamentos podem aliviar as dores nas costas causadas pela lombalgia, motivo de queixa de grande parte das gestantes. A faixa-suporte, uma antiga tradição da cultura japonesa, foi testada em 17 grávidas que realizaram pré-natal nos Centros de Saúde do Jardim Santa Mônica, do distrito de Barão Geraldo e do bairro Village. Já os exercícios de alongamento tiveram 16 voluntárias dos mesmos locais. “Os dois grupos de grávidas relataram o alívio da dor após o início dos testes. Isto significa que ambos os métodos poderiam ser recomendados para quem está sofrendo com o incômodo na gestação”, destaca a autora da pe…