Pular para o conteúdo principal

Secreções vaginais durante a gestação e parto

FAQ do site da ONG Amigas do Parto...




Que tipos de secreções vaginais uma gestante pode apresentar?
Durante a gestação e o trabalho de parto as mulheres podem apresentar secreções vaginais consideradas fisiológicas ou não a depender de suas características e época de aparecimento. Basicamente temos 4 tipos de perdas vaginais:
1. Corrimento vaginal
2. Sangramento
3. Tampão mucoso
4. Líquido amniótico
Como são as características de um corrimento vaginal fisiológico?
A cavidade vaginal é como a cavidade oral, assim como temos saliva na boca, temos uma certa quantidade de corrimento na vagina, algumas mulheres têm mais e outras menos. Durante a gestação, a quantidade desta secreção fica aumentada e tem como característica ser esbranquiçada, com odor característico da vagina que não é desagradável como de peixe estragado, e também não é acompanhada de coceira. A gestante também não apresenta ardor ou dor na relação sexual. A coloração do corrimento deve ser observada quando está saindo e não quando estiver seco na calcinha, pois, ele oxida como uma maçã da qual retiramos a casca e fica amarelada. O aumento fisiológico da secreção vaginal pode aparecer desde o início da gestação.

Por que e quando um corrimento vaginal pode ser considerado não fisiológico?
A vagina pode apresentar infecções e o resultado é a modificação das características do corrimento. Cada tipo de infecção confere uma particularidade à secreção vaginal como mostrarei a seguir:
Candidíase vaginal: infecção bastante comum durante a gestação e tem como característica principal a coceira vaginal intensa, ardor vaginal para ter relação sexual e até na hora de tomar banho, vermelhidão da vulva, às vezes podem aparecer fissuras e descamação na região vulvar. A secreção sai em grumos espessos brancos até esverdeados e o odor pode ser azedo. A cândida é um fungo que todas nós mulheres temos na vagina de forma assintomática, porém, na gestação a resistência imunológica fica diminuída para que a mulher não rejeite o feto e isto facilita a proliferação deste fungo, o que provoca estes sintomas de forma mais ou menos intensa.
Vaginose bacteriana: secreção aumentada com odor fétido, o odor se intensifica principalmente após a relação sexual. Tem coloração discretamente acinzentada e pode ser acompanhada de coceira vaginal discreta.
Trichomonas: Secreção vaginal abundante fétida, de coloração cinza esverdeada e espumosa, muito embora esta última característica seja difícil de ser observada pela própria paciente.
Clamídia: Secreção vaginal amarelada como pus, dor profunda durante o ato sexual.

Por que devemos tratar estas infecções?
Estas infecções devem ser tratadas devidamente para evitar trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura das membranas.

Sangramento vaginal durante a gestação sempre é sinal de perigo?
Sangramento vaginal é sempre um sinal de alerta durante a gestação. O único momento em que pode ser considerado normal é durante o trabalho de parto, dependendo de algumas características. Quando o colo do útero começa a afinar e a dilatar ele pode sangrar de pequena a moderada quantidade e pode continuar sangrando durante todo o período de dilatação. Pode ocorrer perda de sangue vivo ou sangue coagulado.

É verdade que a placenta prévia pode sangrar?
Se o sangramento estiver em quantidade igual ou superior a uma menstruação e for indolor pode ser uma placenta prévia. O diagnóstico de placenta prévia atualmente não costuma ser surpresa, pois a maioria das gestantes realiza pelo menos um ultra-som durante a gravidez e assim sabe por antecedência que pode sangrar e que deve procurar serviço de saúde se isto acontecer.

Como é o sangramento do descolamento de placenta?
Se o sangramento for acompanhado de uma contração ininterrupta e de dor, isto pode ser um descolamento de placenta e a paciente deve se dirigir a uma maternidade com urgência.

O que pode significar um sangramento no inicio da gestação?
Sangramento no início da gestação pode ser uma ameaça de aborto ou um aborto em andamento. Se o sangramento for em pequena quantidade o ideal é fazer repouso, evitar relações sexuais e avisar o médico que a acompanha. Se o sangramento for abundante (maior que uma menstruação) a gestante deve procurar um serviço de saúde a fim de ser examinada.

Como podemos ter certeza do que está acontecendo quando temos um sangramento?
Para se ter certeza do que está acontecendo quando ocorre um sangramento durante a gestação, o ideal é realizar um exame de ultra-som, com exceção daquele sangramento que acontece durante o trabalho de parto.

O que é o tampão mucoso?
Tampão mucoso ou rolha de Schroeder é uma secreção espessa e opaca (como um catarro grosso) produzida pelas glândulas do colo do útero que oblitera (veda) o canal cervical e que tem o papel de proteger o feto no ambiente intra-uterino.

Quando o tampão é eliminado?

Quando o colo do útero começa a afinar e/ou a dilatar este tampão é eliminado e ele pode vir acompanhado de estrias de sangue vivo ou coagulado, portanto, pode sair esbranquiçado e espesso, mas pode também ter coloração avermelhada até marrom e espessa.

Quanto tempo pode demorar para o bebê nascer depois que o tampão é eliminado?
A eliminação do tampão mucoso não significa que a paciente tenha entrado em trabalho de parto, ela pode estar nos pródromos ou simplesmente seu colo começou a amadurecer com as contrações de Braxton-Hicks podendo demorar dias ou até semanas para entrar em trabalho de parto.

Quais são as características do líquido amniótico numa gestação normal?

O líquido amniótico está situado dentro da bolsa das águas onde o feto está mergulhado. Numa gestação normal a quantidade de líquido amniótico aumenta progressivamente até o termo e depois do termo começa decrescer.
Sua aparência também se modifica ao longo da gestação. Em fetos imaturos o líquido tem aspecto de urina ou água de coco, transparente sem nenhum grumo, à medida que o bebe vai amadurecendo o líquido começa apresentar grumos brancos que vão aumentando de tal forma que quando o feto está com 40 semanas o líquido pode ficar mais espesso e esbranquiçado. O líquido amniótico tem odor semelhante ao de água sanitária ou ao da secreção do ejaculado do homem.

Por que ocorre a eliminação de mecônio com o bebê ainda dentro do útero?
Quando existe uma diminuição do nível de oxigênio para o feto, pode ocorrer liberação do esfíncter anal com saída do conteúdo intestinal, que se chama mecônio. O meconio tem coloração verde, portanto quando é eliminado dentro do útero acaba se misturando ao líquido amniótico que fica esverdeado.

Como o mecônio é avaliado?
O mecônio misturado ao liquido amniótico pode resultar numa combinação mais fluida (mecônio fluido) o que significa que a quantidade de mecônio que foi liberada é pequena e que a quantidade de liquido amniótico está normal, o que significa que a diminuição da oxigenação foi suave. Quando essa mistura fica espessa (mecônio espesso ou “papa de ervilhas”) significa que houve maior saída de mecônio e a quantidade de líquido amniótico está reduzida, estes dois fatores implicam numa falta de oxigenação maior.

Quando uma paciente tem mecônio é necessário fazer cesariana?
Se existe mecônio é preciso que o feto nasça, nem por isso é necessário que seja feita uma cesariana. Em mais da metade dos casos de presença de mecônio ele é fluido e os fetos suportam muito bem o trabalho de parto e evoluem para um parto normal. Quando existe mecônio espesso as chances do feto não agüentar o trabalho de parto são maiores, mesmo assim sempre é possível acompanhar a freqüência cardíaca fetal durante as contrações e enquanto ele não mostrar sinais de sofrimento (desacelerações cardíacas que persistem após o término da contração) podemos continuar esperando por um parto normal.

Os diferentes tipos de secreção vaginal podem sair ao mesmo tempo?
As secreções vaginais podem sair separadamente ou nas combinações mais variadas:
liquido amniótico com sangue; tampão mucoso com sangue; corrimento com sangue; liquido amniótico com mecônio e sangue e etc.
As perdas vaginais durante a gestação sempre devem ser comunicadas a um profissional de saúde, pois, têm significados diferentes e importantes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Linha Purpura e parto

Durante a gestação o corpo da mulher se modifica, se pigmenta e algumas linhas se formam... Uma das linhas mais conhecidas é a linha nigra, aquela linha escura que aparece no abdome da maioria das gestantes devido alterações hormonais e que depois some...  Mas agora conhecemos uma outra linha, menos perceptível (por estar mais escondida) mas com uma função maravilhosa: indicar indiretamente a evolução do trabalho de parto! Sim!!! O corpo consegue expressar qual o nível de descida do bebê e dilatação do colo através de uma linha que aparece no bumbum: a linha purpura!! Não é demais????? Eu já havia notado a linha purpura em gestantes, mas nunca me atentei para ela... nem imaginava porque ela existia!!! A linha purpura foi descrita e estudada apenas por parteiras cujos estudos já são meio antigos (1990 e 1998) e este ano voltou a ser comentada através da tese de livre docência da Dra. Nádia Zanon Narchi, que resolveu usar a linha purpura como método auxiliar de avaliação de fase ativa do t…

Exercícios para o parto

FOTO 1 -Exercícios Kegel
Durante o último mês da gravidez, alguns exercícios simples podem ajudar a preparar seus músculos para o trabalho.

Comece com exercícios Kegel, que ajudam a manter o tônus dos músculos pélvicos. Basta apertar os seus músculos pélvicos como se você parar o fluxo de urina. Tente manter por cinco segundos, por quatro ou cinco vezes. Depois tente manter os músculos contraídos durante 10 segundos, relaxando 10 segundos entre as contrações. Objetivo é realizar, pelo menos, três séries de 10 repetições por dia. Você pode fazer os exercícios em pé, sentada ou deitada.

FOTO 2 - O alfaiate sentado
O alfaiate sentado trabalha os músculos das coxas e pélvis. Também melhora a postura, mantém as articulações pélvicas flexíveis e aumenta o fluxo sanguíneo para a região mais baixa do corpo.

Para praticar a posição, sente no chão com suas costas retas. Junte as plantas dos pés, puxe o calcanhar para sua virilha e suavemente relaxe os joelhos. Você vai se sentir um estirament…