Pular para o conteúdo principal

Prisão de Ventre ou Constipação Intestinal


 
Hoje, respondendo uma dúvida num fórum de gestantes, lembrei que por aqui mal falei sobre a famosa prisão de ventre que acomete principalmente nós mulheres e que pode se agravar ainda mais durante a gestação.

Mulher não fala que vai fazer cocô... sempre omite essa sua necessidade fisiológica e talvez por isso tenha tantos probleminhas, como a prisão de ventre!

A constipação é uma situação chata e que pode levar a situações mais chatas ainda como hemorróidas, diverticulites, fissuras anais e até mesmo incontinência fecal ( isso mesmo!! o reto atinge sua capacidade de armazenamento máximo ficando tão cheio de fezes, que começa a "transbordar"!)

Quando consideramos uma pessoa constipada?? Quando a pessoas vai ao banheiro com uma freqüência menor que 3 vezes por semana; quando vai ao banheiro todo santo dia mas só evacuam após um esforço muitooooo grande ou então aquela pessoa que vai ao banheiro e não conseguem evacuar ou sentem que não evacuaram completamente...

E quando se fala em prisão de ventre, o que vem logo a nossa mente??? Laxante e alimentação com fibras deve resolver! E aí, dá-lhe 46 da Almeida Prado, Metamucil, ameixa preta, mamão papaya, linhaça, aveia e outros alimentos/medicamentos para soltar o intestino!

Os medicamentos devem ser regulados, pois o instestino se acostuma a não trabalhar normalmente. Então eu não acho legal ficar tomando esses "troços".... e também é lógico que as instruções nutricionais são sempre válidas, mas a constipação intestinal precisa também ser tratada a nível de "hábitos", sabiam?

Por exemplo... vocês já analisaram como é que vocês fazem cocô? Como se sentam no vaso? Levam alguma coisa para ler? Têm pressa ou vai com calma? Fazem alguma manobra para ajudar??? Pergunto isso porque são questões que podem ajudar a melhorar muito o momento de evacuar...

Primeiro... nunca levem nada para ler enquanto vão fazer cocô. A leitura disperça aatenção! Você s foram lá pra fazer cocô e não pra passar tempo..

Outra coisa.. sempre massageiem seum abdomens firme mas suavemente, em movimentos circulares, no sentido horário.. É nesse sentido que o intestino se enrola.. e a massagem ajuda o bolo fecal a andar mais rápido!

Não tenham pressa ao ir ao banheiro! E também não fiquem evitando de ir quando der vontade. Nada de prender cocô!! Isso ajuda as fezes endurecerem e sua saída será mais triste ainda! rs ..Vão lá, sente-se, se concentrem e fiquem o tempo que for preciso... e desde a primeira vontadinha!

Posicionamento... sim! Tem uma posição correta para evacuar!!! Levem 2 listas telefônicas pro banheiro..para servir de apoio para seus pés. Eles precisam estar elevados uns 20 cm... depois inclinem seus troncos para frente e apoiem seus cotovelos nos joelhos. Percebem que vocês estão numa posição parecida com o "cócoras"??? Pois bem! Nessa posição temos mais controle e força da prensa abdominal usada para evacuar...

As pessoas constipadas geralmente não conseguem relaxar muito a musculatura perineal... e por isso pode ser interessante fazer alguns exercícios de contração e até mesmo massagem perineal, ao redor de ânus... Com a musculatura anal relaxada, a evacuação se torna mais fácil tb!

E por último... não esqueça de beber muuuuuuuita água!!!

Para casos de constipação crônica meeeeesmo, por alguma doença  por ex, há tratamento fisioterapêutico específico e com resultados bem bacanas (sim!! até nisso a Fisioterapia atua!!!). Mas por hora acho que essas minhas dicas já são suficientes!

Bom cocô para todos! rssss

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Linha Purpura e parto

Durante a gestação o corpo da mulher se modifica, se pigmenta e algumas linhas se formam... Uma das linhas mais conhecidas é a linha nigra, aquela linha escura que aparece no abdome da maioria das gestantes devido alterações hormonais e que depois some...  Mas agora conhecemos uma outra linha, menos perceptível (por estar mais escondida) mas com uma função maravilhosa: indicar indiretamente a evolução do trabalho de parto! Sim!!! O corpo consegue expressar qual o nível de descida do bebê e dilatação do colo através de uma linha que aparece no bumbum: a linha purpura!! Não é demais????? Eu já havia notado a linha purpura em gestantes, mas nunca me atentei para ela... nem imaginava porque ela existia!!! A linha purpura foi descrita e estudada apenas por parteiras cujos estudos já são meio antigos (1990 e 1998) e este ano voltou a ser comentada através da tese de livre docência da Dra. Nádia Zanon Narchi, que resolveu usar a linha purpura como método auxiliar de avaliação de fase ativa do t…

Secreções vaginais durante a gestação e parto

FAQ do site da ONG Amigas do Parto...




Que tipos de secreções vaginais uma gestante pode apresentar?
Durante a gestação e o trabalho de parto as mulheres podem apresentar secreções vaginais consideradas fisiológicas ou não a depender de suas características e época de aparecimento. Basicamente temos 4 tipos de perdas vaginais:
1. Corrimento vaginal
2. Sangramento
3. Tampão mucoso
4. Líquido amniótico
Como são as características de um corrimento vaginal fisiológico?
A cavidade vaginal é como a cavidade oral, assim como temos saliva na boca, temos uma certa quantidade de corrimento na vagina, algumas mulheres têm mais e outras menos. Durante a gestação, a quantidade desta secreção fica aumentada e tem como característica ser esbranquiçada, com odor característico da vagina que não é desagradável como de peixe estragado, e também não é acompanhada de coceira. A gestante também não apresenta ardor ou dor na relação sexual. A coloração do corrimento deve ser observada quando está saindo e nã…

Exercícios para o parto

FOTO 1 -Exercícios Kegel
Durante o último mês da gravidez, alguns exercícios simples podem ajudar a preparar seus músculos para o trabalho.

Comece com exercícios Kegel, que ajudam a manter o tônus dos músculos pélvicos. Basta apertar os seus músculos pélvicos como se você parar o fluxo de urina. Tente manter por cinco segundos, por quatro ou cinco vezes. Depois tente manter os músculos contraídos durante 10 segundos, relaxando 10 segundos entre as contrações. Objetivo é realizar, pelo menos, três séries de 10 repetições por dia. Você pode fazer os exercícios em pé, sentada ou deitada.

FOTO 2 - O alfaiate sentado
O alfaiate sentado trabalha os músculos das coxas e pélvis. Também melhora a postura, mantém as articulações pélvicas flexíveis e aumenta o fluxo sanguíneo para a região mais baixa do corpo.

Para praticar a posição, sente no chão com suas costas retas. Junte as plantas dos pés, puxe o calcanhar para sua virilha e suavemente relaxe os joelhos. Você vai se sentir um estirament…