Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

Reflexologia na gravidez

 Achei meio estranha a informação da reflexologia como especialidade da enfermagem, mas tudo bem...



Gestantes com pré-eclâmpsia apresentaram melhora nos índices de pressão arterial após passar por sessões da massagem
Vencer o preconceito e o ceticismo, sobretudo dos profissionais de saúde, e dar respaldo científico a uma forma complementar de terapia ainda pouco estudada no Brasil é o maior desafio da enfermeira-obstetra e reflexologista Rosemeire Sartori de Albuquerque, que acaba de defender sua tese de doutorado na Unifesp. Em seu estudo, Rosemeire avaliou o uso da reflexologia –massagem terapêutica que consiste em aplicar pressão sobre pontos específicos dos pés ou das mãos para causar efeitos reflexos em diversas partes do corpo— em gestantes com pré-eclâmpsia. A doença está relacionada à hipertensão e afeta mais de seis milhões de gestantes por ano em todo o mundo. Além da elevação da pressão sangüínea, o distúrbio é caracterizado pela presença de proteína na urina (proteinúr…

Doulas do Hospital Municipal de Americana recebem certificados

E o melhor foi saber que a Deny, minha querida amiga, psico, doula e coordenadora junto comigo lá no MadreSer foi homenageada durante o evento como a primeira doula de Americana! 
Tá pensando que eu faço parceria com qualquer uma? rsss... Só orgulho!!!


Sexta-Feira, 22 de outubro de 2010 - 14h11 Na manhã de hoje (sexta-feira), as doulas do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi receberam o certificado do Curso de Capacitação de Doulas realizado entre 2002 e 2008, pela Associação Nacional de Doulas (ANDO).

Numa emocionante cerimônia no CIVI (Centro Integrado de Valorização do Idoso), além do certificado, elas também foram homenageadas pelo belo trabalho que desempenham na maternidade do Hospital Municipal.

Além de funcionários do Hospital Municipal, estiveram presentes o secretário de Saúde, Fabrizio Bordon, o diretor superintendente da Fusame (Fundação de Saúde de Americana), Eduardo José Pereira, a supervisora administrativa da Fusame, Cleise Padovesi Pascon e a vice-president…

Homens das cavernas eram melhores pais

Para psicóloga, técnicas modernas prejudicam bebês e crianças

 Crianças brincam ao ar livre: cena cada vez mais rara 
Pouco calor humano, quase nenhuma exploração do meio ambiente e cada vez menos interação social. Estes são três pecados que  pais modernos estão cometendo ao educar as crianças do século 21, de acordo com a psicóloga Darcia Narvaez. A professora da Universidade de Notre Dame (em Indiana, EUA) liderou três estudos que chegaram à conclusão de que os pais de hoje estão criando uma geração inteira de pessoas disfuncionais por adotarem técnicas "modernas", como deixar bebês chorando até eles se acalmarem ou obrigar as crianças a ficarem sentadas e quietas por longos períodos. Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, Narvaez afirma que membros de tribos antigas eram muito melhores pais e mães. No passado, por exemplo, uma criança era criada por toda a comunidade e não apenas por seus progenitores. Além de maior interação social com os outros membr…

Grupo de mulheres, as doulas, resgata sensualidade na hora do parto

As doulas e as pacientes lutam contra a tendência de cesarianas eletivas e defendem o prolongamento de momentos protagonizados pelas mães


Poucas pessoas sequer imaginam que dar à luz pode ser um momento dos mais sensuais. Sensualidade? Um grupo de mulheres tem resgatado a hora do parto como sublime e, de certa forma, como o ápice da sexualidade entre o casal. Reconhecer esta dimensão é uma maneira de humanizar o momento, que, com o crescimento no número de cesarianas eletivas, tem se tornado cada vez mais impessoal. “O nascimento é o fim de uma relação sexual”, afirma a auxiliar de biblioteca Renata Pereira da Rocha Araujo, de 38 anos, que teve a pequena Beatriz, de 2 meses, de parto natural.

Mulheres como Renata contam, nesse momento, com o apoio das doulas, outras mulheres que são treinadas para oferecer suporte físico e emocional durante a gestação parto e o resguardo. O movimento é uma reação de muitos casais à tendência de cesarianas eletivas, ou seja, quando a ciru…

O Teste da Orelhinha, enfim, virou lei

Repassando uma matéria bem legal! Quem me indicou foi uma doulanda lindona, porque eu estava desatualizada! hehehehe...
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei nº 12.303, de 2 de agosto de 2010, que torna obrigatória e gratuita a realização do exame chamado Emissões Otoacústicas Evocadas, mais conhecido como Teste da Orelhinha.

Essa lei é um grande passo para a prevenção de problemas na criança, pois pelo Teste da Orelhinha é possível detectar milhares de possíveis doenças. A deficiência auditiva é uma patologia muito comum entre os recém-nascidos, sendo encontrado de um a três casos de surdez a cada 1.000 nascimentos. Esse número aumenta para até seis casos a cada 1.000 nascimentos se o bebê tem algum de fator de risco para surdez, como casos de deficiência auditiva na família, intervenção em UTI por mais de 48 horas, infecção congênita (rubéola, sífilis, toxoplasmose, citomegalovirus e herpes), an…

Cientistas descobrem a causa da hipertensão durante a gravidez

Cientistas descobriram um mecanismo que aumenta a pressão arterial em pré-eclâmpsia, uma condição que pode levar à morte durante a gravidez. A descoberta ainda pode ajudar a desenvolver novos medicamentos para a hipertensão. Pesquisadores das universidades britânicas Cambridge e Nottingham decifraram o primeiro passo do processo principal que controla a pressão arterial --a liberação de um hormônio chamado angiotensina, desde a sua fonte proteica, o angiotensinogênio. "Embora tenhamos focado principalmente na pré-eclâmpsia, a pesquisa também abre novas pistas para futuras investigações sobre as causas da hipertensão arterial em geral", disse Zhou Aiwu da Universidade de Cambridge, cujo trabalho foi publicado na revista "Nature". Especialistas estimam que o custo do tratamento de mulheres grávidas com pré-eclâmpsia é de US $ 45 bilhões por ano nos Estados Unidos, Europa, Ásia, Austrália e Nova Zelândia. Nos países em desenvolvimento, estima-se que 75.000…

Violência em maternidades revela problemas na saúde pública

 Repassando uma matéria muito interessante!! A parte em vermelho é grifo meu! Uma pesquisa apresentada à Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) revela que grávidas em trabalho de parto sofrem diversos maus tratos e desrespeitos por parte dos profissionais de saúde nas maternidades públicas. Segundo a análise, esse tipo de violência, além de apontar para os problemas estruturais da saúde pública, revela a “erosão” da qualidade ética das interações entre profissionais e pacientes, a banalização do sofrimento e uma cultura institucional marcada por estereótipos de classe e gênero.

Autora do trabalho, a psicóloga Janaína Marques de Aguiar explica que essa violência acontece de diversas formas: negligência na assistência, discriminação social e racial, gritos, ameaças, repreensão, piadas jocosas, a não permissão de um acompanhante à escolha da paciente – direito que é garantido por lei – e até mesmo a não utilização de medicação para alívio da dor, quando for tecnicamente indicad…

Vídeo - Parto pélvico

Você tentou de tudo e o bebê ainda assim não virou?
Então, encontre um GO que faça (odeio essa coisa de "fazer parto", mas enfim) parto pélvico!!!! Sim, é possível! E este vídeo é a prova disso! E a prova de que bebê pélvico não é indicação de cesárea assim direto não... (parto pélvico na verdade é sinônimo de "medo obstétrico", pois não é todo GO que tem ** pra acompanhar um parto assim, então é mais fácil indicar a faca né?)
Parto pélvico, na água, no Brasil, com o maridão junto (inclusive fazendo estimulação mamilar pra ajudar nas contrações!), mamãe vocalizando e com umrostinho mostrando que é possível ter um parto prazeroso sim.... lindooooo!!

Vídeo - bebês rastejam para pegar peito!!!

Segue tradução porca a la Google das legendas desse vídeo que é liiiiiiiiiindo! Vale a pena assistir e refletir!



Essas cenas são baseadas em um estudo publicado no The Lancet, 1990 volume 336:1105-07 por Lennart Righard e Margaret Alade

Setenta e duas duplas de mães-bebês foram divididas igualmente em dois grupos. Em cada grupo, haviam bebês nascidos de parto medicalizado e parto não medicalizado.

Os bebês do primeiro grupo eram deixados nus no abdômen de sua mãe por pelo menos uma hora. Esses bebês começaram a engatinhar após cerca de 20 minutos e mamaram por 50 minutos.

Observe agora como um bebê com um contato ininterrupto após um trabalho não medicalizado. Rasteja até o peito localiza o mamilo e começa a mamar bem!

Nem todos bebês que tiveram contato ininterrupto após um trabalho de parto medicalizado conseguiram rastejar até o peito. Alguns fizeram uma sucção ruim.

Em seguida vemos um bebê que não só foi removido para a limpeza e as medidas após 20 minutos, mas foi t…

Bebê transverso/pélvico... o que fazer para virar?

Muitas vezes encontro mães desesperadas, dizendo que seus bebês estão em posições diferentes da comum (de cabeça pra baixo) e que por esse motivo os médicos indicaram cesárea. Hoje mesmo, durante um curso de gestantes que estou frequentando como acompanhante de uma doulanda, essa questão surgiu... e para variar o médico disse que certamente seria cesárea, a não ser que ela fosse para China tentar métodos alternativos (e disse isso num tom irônico, zombando da milenar Medicina Oriental.... affff!) Mas temos boas notícias: tem como darmos uma mãozinha para esse bebê se posicionar direitinho!!! Antes de mais nada, se acalmar é o primeiro passo!!! Segundo é não achar que bebê transverso (deitado) é pior que bebê sentado! Não! Bebê transverso, apesar de ser mais raro, já está na metade do caminho! rss.. Então nada de perder esperanças logo de cara, ein? Terceiro... mãos à obra!! Eu já havia escrito aqui sobre isso.... mas como o tema é frequente, trago mais dicas dadas por uma doula acupuntu…

Fotinhos da "Slingada campineira"

Hoje em Campinas, aconteceu uma slingada em comemoração à Semana Nacional de Incentivo ao Sling. Infelizmente, devido ao mal tempo que nos pegou de surpresa durante o período da manhã, muitas mamães e bebês deixaram de comparecer. Maaaaas, sempre há as teimosas! rss.. Apesar do friozinho, nos reunimos na Lagoa do Taquaral, fizemos uma pequena caminhada até a Concha Acústica e lá tomamos um café enquanto ouvimos várias dicas e informações bacanas repassadas pela Márcia da Mama Coelha! Foi uma manhã muito gostosa! Seguem as fotinhos pra vocês verem... e em breve posto aqui o vídeo feito pelo Marcelo, que novamente topou fazer a "cobertura" do evento! Um beijo e obrigada a todos que compareceram!

 Eu e a Gigi... nossa "modelo slinguete" rss

Começou a Semana Nacional de Incentivo ao Sling!

E vai ter comemoração em CAMPINAS!!!

Participe!!


PREVISÃO DO TEMPO PARA DOMINGO, DIA 10!

VBA3C

VBA3C.... que sigla é essa?? Significa "Vaginal birth after 3 c-section'...ou... parto vaginal após 3 cesáreas prévias!!!
Siiiim... é possível!! E os vídeos abaixo são prova disto!!!





"Mulheres que acreditam em suas capacidades biológicas podem surpreender doutores da ciência.
Gestação e parto são processos fisiológicos como qualquer outra função orgânica. Há recursos de monitorização e intervenção, que devem ser utilizados apenas quando e se forem necessários.
Obstare é estar ao lado da parturiente e vigiar para seu bem estar e o bem estar de seu bebê.
Intervenção preventiva é prática desaconselhada por todos os protocolos baseados em evidências e pelas recomendações da Organização Mundial de Saúde.
Vamos deixar as mulheres parirem em paz. Esse é o papel do cuidador."
Dra. Carla Polido

Semana Nacional de Incentivo ao Sling - Programação Campinas!

Pessoal!
Repasso a programação campineira de comemoração à Semana Nacional de Incentivo ao Sling.

Este ano o encontro será na Lagoa do Taquaral, no domingo, dia 10/10... às 8:30h!

Faremos uma caminhada do Portão 1 até a Concha Acústica, e lá teremos uma palestra informativa, "test-drive" de slings e também faremos um lanche comunitário (levem toalhas, guardanapos, copos e sua "merendinha")!!

Além disso, faremos também o "dia do mamaço", com as mães amamentando seus babys em conjunto!! Em SP o mamaço foi neste sábado (http://www.blogmamiferas.com.br/2010/09/mamaco-2010.html), mas aqui decidi aproveitar a slingada!!!

Quem ainda não tem bebê também pode ir (tipo, pra fazer companhia pra mim! ehehhehe)... Ah e não esqueçam... camisetinha branca pra todo mundo!!
Repasso o folderzinho de divulgação!

E se tiverem alguma dúvida, me escrevam!!!

Um beijo...

Resgate da forma de nascer

Estava fuçando no site de cursos do Dr. Hugo e resolvi trazer pra cá algumas ilustrações que mostram a evolução no modo de nascer! Dá pra ver nitidamente que o parto sempre foi na vertical, sempre houveram estruturas como cadeiras para deixar a mãe mais confortável mas que as coisas mudaram por volta de 1800, quando o parto começou a se tornar um evento médico e a posição adotada para parir começou a ser a deitada, de barriga pra cima... com uma posterior mudança de parto normal para as cesáreas em números absurdos.  Felizmente, algumas cabeças pensantes decidiram resgatar o parto vertical devido suas grandes vantagens para mãe e bebê!  Espero que o parto vertical fique cada vez mais conhecido e acessível a todas as mulheres!
RESGATE DAS FORMAS DE NASCER


TURQUIA - 6500 AC

EGITO 1400 AC




MÉXICO(ASTECA)

ARÁBIA - 1207


ITÁLIA - 1384


1513



1554 EUROPA


AMÉRICA - 1701

EGITO - 1901



FRANÇA


HOLANDA SÉCULO XVIII





ITÁLIA
TURQUIA



ALEMANHA - 1805



MESAS CONVENCIONAIS - S…