Condições frequentemente associadas com cesariana, sem respaldo científico

Meninas! Repassando um artigo bem bacana!!!


Resumo: Considerando as elevadas taxas de cesariana no Brasil, é possível concluir que uma elevada proporção desses procedimentos é desnecessária. Realizou-se revisão da literatura buscando as melhores evidências disponíveis sobre indicações de cesárea. As seguintes condições foram consideradas: doença cardiovascular, diabetes, pré-eclâmpsia, câncer ovariano e cervical, gestação após transplante hepático, oligo-hidrâmnio, rotura prematura das membranas, circular de cordão, gestação prolongada, malformações congênitas, macrossomia fetal, fetos prematuros em apresentação cefálica ou pélvica, pequenos para idade gestacional, baixo peso ao nascer e envelhecimento placentário precoce. Nenhuma dessas condições representa indicação absoluta de cesariana, e o parto vaginal deveria ser preferido em vários casos, exceto em algumas situações especiais.

(clique para aumentar)


Para ler na íntegra, clique AQUI!

1 comentários:

Renatinha disse...

Re, eu espero q em menos de 5 anos esses dados de cesarea tenham diminuido bastante no Pais.
Parece q as coisas estao andando pra esse caminho, nao eh?
bjs