Pular para o conteúdo principal

Falta de informação e gestação...

Vocês já observaram como muitas mulheres sabem muito pouco sobre seus corpos, sobre gestação, sobre o processo de parir e maternar?? E que muitas vezes a pouca informação é toda baseada em mitos, e histórias negativas?

Essa semana me vi tendo uma conversa com uma mulher, que é mãe de duas meninas, empresária. Gente com entendimento. Mas quando o assunto parto veio à pauta da conversa, me vi tendo um diálogo mais ou menos assim:

ELA: "Você acha que se eu tivesse encontrado antes um trabalho tipo o seu de doula, eu ia aguentar ter um parto normal? Porque eu quase morri de tanta dor!"
EU: : "Como foi o seu trabalho de parto?"
ELA: "Fui pro hospital assim que comecei a ter dor e fiquei deitada porque o médico mandou ficar assim.... mas mesmo deitada a dor era muito forte. Fiquei sozinha, de jejum, e não dilatei nada...até q uma hora não aguentei mais e pedi a cesárea"
EU: "É... acho q uma doula ia ajudar um bocadinho...rss... Mas trabalho de parto demora mesmo, é um processo...  O colo do útero é um musculo muito forte, fechado e duro... e tem que ser assim pra gravidez se manter, e o bebê não nascer antes do tempo..e aí, ele não consegue abrir rápido... é devagar mesmo! Tem que esperar..."
ELA: "Mas eu esperei.... esperei muuuuuuuuito... entrei no hospital meio-dia e até as três horas não aconteceu NADA."

Lógico que não ia acontecer!! O parto é ativo, mas não temos nenhum botão de "PLAY"! Temos que nos ajudar, ajudar nosso corpo e nosso bebê!! Ser protagonista!! E ainda assim, temos que respeitar o tempo normal do nosso organismo! Um parto em três horas é algo incomum!!! E dificilmente aconteceria numa mãe tão passiva, submissa e despreparada para o momento, como essa moça (a ida precoce ao hospital, o medo, a dor, o desconhecido atrapalham o andamento do trabalho de parto!)

E eu fico triste de ver como as pessoas não sabem nada sobre o processo de parir!! Chegam ao final dos 9 meses sem ter noção do que vão enfrentar!! E entregam nas mãos das outras pessoas uma responsabilidade que não é delas!! É uma comodidade, uma falta de curiosidade, de interesse... 

Gente, lembrem-se: gravidez e parto é algo que ocorre no corpo de vocês, tá? Se informem, se preparem!!!  Não passem essa fase tão importante de modo indiferente!!Tem muita gente bacana por aí disposta a compartilharem conhecimento. Há grupos gratuitos de apoio. Informação de graça, mastigadinha, pronta pra ser absorvida... É questão de buscar, ir atrás, se preocupar consigo e com tudo que uma gestação traz para a vida da mulher!!
.
Busquem seus caminhos!!! Se empoderem e não deixem que decidam o que é melhor, e qual melhor forma...... Isso só acontece com quem não sabe o que quer!! Porque pra quem não sabe qual caminho seguir, qualquer um serve!! 



Comentários

Éricka disse…
Como a gente tava conversando hoje de manhã, Re, não consigo entender como alguém não tem vontade de descobrir absolutamente tudo sobre gestação, parto e maternagem assim que descobre que está grávida. Afinal, é uma coisa totalmente nova acontecendo com o SEU corpo.
Aí sim a pessoa teria condições de tomar decisões sobre esse período. Mesmo que sejam decisões que eu não concorde (não acho certo cesárea eletiva ou abandono da amamentação), mas pelo menos respeito o fato de que a pessoa se conscientizou e decidiu por si. Ela só não vai ser minha amiga... UAHUAHUAUH!

Postagens mais visitadas deste blog

Linha Purpura e parto

Durante a gestação o corpo da mulher se modifica, se pigmenta e algumas linhas se formam... Uma das linhas mais conhecidas é a linha nigra, aquela linha escura que aparece no abdome da maioria das gestantes devido alterações hormonais e que depois some...  Mas agora conhecemos uma outra linha, menos perceptível (por estar mais escondida) mas com uma função maravilhosa: indicar indiretamente a evolução do trabalho de parto! Sim!!! O corpo consegue expressar qual o nível de descida do bebê e dilatação do colo através de uma linha que aparece no bumbum: a linha purpura!! Não é demais????? Eu já havia notado a linha purpura em gestantes, mas nunca me atentei para ela... nem imaginava porque ela existia!!! A linha purpura foi descrita e estudada apenas por parteiras cujos estudos já são meio antigos (1990 e 1998) e este ano voltou a ser comentada através da tese de livre docência da Dra. Nádia Zanon Narchi, que resolveu usar a linha purpura como método auxiliar de avaliação de fase ativa do t…

Secreções vaginais durante a gestação e parto

FAQ do site da ONG Amigas do Parto...




Que tipos de secreções vaginais uma gestante pode apresentar?
Durante a gestação e o trabalho de parto as mulheres podem apresentar secreções vaginais consideradas fisiológicas ou não a depender de suas características e época de aparecimento. Basicamente temos 4 tipos de perdas vaginais:
1. Corrimento vaginal
2. Sangramento
3. Tampão mucoso
4. Líquido amniótico
Como são as características de um corrimento vaginal fisiológico?
A cavidade vaginal é como a cavidade oral, assim como temos saliva na boca, temos uma certa quantidade de corrimento na vagina, algumas mulheres têm mais e outras menos. Durante a gestação, a quantidade desta secreção fica aumentada e tem como característica ser esbranquiçada, com odor característico da vagina que não é desagradável como de peixe estragado, e também não é acompanhada de coceira. A gestante também não apresenta ardor ou dor na relação sexual. A coloração do corrimento deve ser observada quando está saindo e nã…

Exercícios para o parto

FOTO 1 -Exercícios Kegel
Durante o último mês da gravidez, alguns exercícios simples podem ajudar a preparar seus músculos para o trabalho.

Comece com exercícios Kegel, que ajudam a manter o tônus dos músculos pélvicos. Basta apertar os seus músculos pélvicos como se você parar o fluxo de urina. Tente manter por cinco segundos, por quatro ou cinco vezes. Depois tente manter os músculos contraídos durante 10 segundos, relaxando 10 segundos entre as contrações. Objetivo é realizar, pelo menos, três séries de 10 repetições por dia. Você pode fazer os exercícios em pé, sentada ou deitada.

FOTO 2 - O alfaiate sentado
O alfaiate sentado trabalha os músculos das coxas e pélvis. Também melhora a postura, mantém as articulações pélvicas flexíveis e aumenta o fluxo sanguíneo para a região mais baixa do corpo.

Para praticar a posição, sente no chão com suas costas retas. Junte as plantas dos pés, puxe o calcanhar para sua virilha e suavemente relaxe os joelhos. Você vai se sentir um estirament…