Imagens que falam ao coração... Acolher sempre!

O post de hoje não traz novidades, notícias, textos...... mas assim como as palavras, trará as leitoras (e leitores!) do blog um pouco de informação e reflexão.
Tenho o grande prazer de compartilhar com vocês  alguns desenhos de Itaiana Battoni, uma artista linda e sensível que tive o prazer de conhecer pelo Facebook! Ela assim como milhares de mulheres desejou um parto normal em sua primeira gravidez (em 2002), mas não conseguiu. Na época, a Itaiana achava que para conseguir parir bastava informar o médico. Ele disse que faria o melhor para ela e para o bebê, mas lá no final indicou a cesárea porque o bebê era "grande demais"  e não estava encaixado (nasceu com 2,655 kg e 46 cm... pititica!!!!). Naquele momento que ela percebeu que foi enganada e essa cesárea ainda não foi aceita....
Mas felizmente, ano passado ela conheceu o movimento de humanização do parto e nascimento,  se apaixonou e descobriu que há sim opções e caminhos diferentes!!

Agora que apresentei rapidinho a Itaiana, sente de modo confortável na sua cadeira, ligue um sonzinho e contemple as imagens!! E reflita um pouquinho sobre sua gravidez  (atual, anterior ou quem sabe futura...)
(cliquem nas imagens para aumentá-las)

Quantas mulheres tiverem suas cabeças enroladas com MENTIRAS??!!! Será que o motivo da sua cesárea é verdadeiro, ou melhor, será que tem motivo?!

Deixe a natureza te guiar!

Colher ou acolher? 
Como você quer que seu filho chegue ao mundo?

Estude, informe-se, se prepare! 
O parto começa e ocorre NA CABEÇA!!

2 comentários:

Egle Prema Shunyatta disse...

Que linda arte. Obrigada por compartilhar com a gente.

Egle.

Andrea Uemura Sotopietra disse...

Olá Renata,
Depois de acompanhar muitos blogs, percebi que há uma grande ignorância da sociedade em geral e às vezes de muitas mulheres também com relação aos seus direitos.
Tocada por essa vontade de mudar tudo, resolvi criar um blog para informar sobre o direito das mulheres e também ajudar as mulheres que tiveram seus direitos violados. Pretendo abordar inclusive a questão da violência obstétrica.
Gostaria de divulgar aqui o endereço do meu blog: http://odireitodamulher.blogspot.com.br/

O blog é novo, criei ele ontem, mas espero poder alcançar e ajudar muitas mulheres com meu trabalho.

Obrigada.

Beijos.